Câmara municipal de Americana

BUSCA

Americana, 21 de Outubro de 2014
13/09/2012

Kim propõe moção de congratulações a entidades de defesa de moradias populares

O vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma moção de congratulações à União dos Movimentos de Moradia de São Paulo (UMM-SP) e à União Nacional por Moradia Popular (UNMP), pelos trabalhos realizados na área da habitação.

No documento, o vereador relata que o Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal promoveram a habilitação de entidades sem fins lucrativos que atuam na área da habitação de interesse social. Grande parte das entidades são filiadas aos movimentos nacionais de moradia, como a UMM-SP, ligada a UNMP.

“Ressaltamos a importância da organização regional, estadual e nacional dos movimentos por moradia nos seus encontros para troca de experiências, formação para seus integrantes e engajamento nas lutas e conquistas por políticas públicas que atendam as necessidades da população”, afirmou.

Kim relata também que, entre as entidades filiadas a UMM-SP, estava a Cooperativa Nacional da Habitação e Construção (Cooperteto). “A cooperativa tem contribuído em muito no atendimento da população carente de moradia no município de Americana e região. Graças ao empenho de seus cooperados e o engajamento nas atividades da UMM, poderá a partir de agora, contribuir ainda mais na prática da autogestão e em projetos bem sucedidos de habitação social”, concluiu o vereador.

Cooperteto

Em outro documento, os vereadores Divina Bertalia (PDT) e Marco Antonio Alves Jorge, o Kim, protocolaram uma moção de aplausos à Cooperativa Nacional da Habitação e Construção (Cooperteto), pela sua classificação junto ao Ministério das Cidades como Entidade Organizadora (EO).

Fundada em 1996 com sede no município de Americana, a Cooperteto luta pela moradia de interesse social e possui atualmente cerca de três mil associados. “No mês de agosto, a Cooperteto teve sua classificação confirmada junto ao Ministério das Cidades, e conseguiu classificação máxima entre as entidades privadas sem fins lucrativos”, afirmaram no documento, apontando ainda que, com o resultado da habilitação, a cooperativa poderá construir simultaneamente até 600 unidades habitacionais em todo o território brasileiro através dos projetos de habitação de interesse social, junto aos programas geridos pelo Ministério das Cidades.

De acordo com os vereadores, a habilitação das EOs foi baseada nos critérios de experiências práticas e bons resultados das entidades privadas sem fins lucrativos. “Não poderíamos deixar de enaltecer e parabenizar a cooperativa. Sem dúvidas, a classificação é fruto do belíssimo trabalho que toda a equipe vem desenvolvendo ao longo dos seus 16 anos de existência”, concluíram.

As moções serão discutidas e votadas pelos vereadores em Plenário, durante sessão ordinária.

Assessoria de Comunicação

conheça a cÂmara
sessões

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU EMAIL

Interlegis
Tribunal de Contas
Assembléia Legislativa
Senado Federal
IBAM
Prefeitura Municipal
Praça Divino Salvador, 5 - CEP 13465-689 - Americana/SP, PABX: (19) 3472-9700 / 0800- 7719701
© 2014 - Câmara Municipal de Americana. Todos os direitos reservados. Créditos