Medalha de mérito Princesa Tecelã é entregue à equipe de robótica “SESI Red Rabbit” em sessão solene

Publicado em: 01 de novembro de 2018

Selecione a Imagem

A Câmara Municipal de Americana realizou na quarta-feira (31) a solenidade de entrega de medalha de mérito “Princesa Tecelã” à equipe de robótica “SESI Red Rabbit”. A homenagem foi motivada por projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Luiz da Rodaben (PP).

 

Participaram da solenidade os vereadores Guilherme Tiosso (PROS), Luiz da Rodaben (PP), Marco Antonio Alves Jorge – Kim (MDB), Maria Giovana (PC do B) e Marschelo Meche (PSDB), o diretor do SESI, André Luís Vigneron, o coordenador pedagógico, Gilmar Francisco Mantovanelli, o professor e técnico da equipe, Denis Rodrigo Santana e os alunos integrantes da equipe, além de amigos e convidados dos homenageados.

 

Durante o uso da palavra, o presidente da sessão afirmou estar feliz em poder proporcionar essa homenagem à equipe “Red Rabbit”. “O Brasil só mudará com a educação, ele só chegará num estado melhor quando se educar a sociedade. As crianças e adolescentes que passam pelo SESI sempre têm um futuro promissor, pois carregam uma bagagem de conhecimento, de comportamento e formação adequados. Aqui temos um exemplo disso, esses alunos defenderam Americana a nível nacional e mundial. Parabéns a todos que se dedicaram e levaram a cidade ao topo da robótica, com muito conhecimento, dedicação e trabalho em equipe”, apontou Rodaben, autor da propositura.

 

O professor Denis Rodrigo Santana usou a palavra em nome dos homenageados para agradecer. “Falar em nome da equipe é uma grande responsabilidade porque o sentimento de cada um é de agradecimentos. Não conseguimos nada sozinho, por isso temos que agradecer a todos os envolvidos, agradecer ao diretor André, aos pais que confiaram seus filhos à gente e aos colegas que também fizeram parte dessa conquista. Foi uma divisão de trabalho que resultou em uma grande conquista e possibilitou pela primeira vez levar o Brasil a ser campeão mundial. Dentre todos do mundo somos o número um e somos de Americana. Muito obrigado”, finalizou.

 

A equipe

 

A Equipe de Robótica “Sesi Red Rabbit” do SESI Americana é composta pelo Professor e Técnico Denis Rodrigo Santana, a Diretora e mentora do Sesi de Americana Edvania Guimaraes de Carvalho, o professor Andre Luis Vigneron, Diretor do Centro de Atividades do Sesi de Americana, e os Alunos: Bianca Araújo Marcelo, Rafaela Chiareli Cardozo, Greta Isabella de Freitas Tiosso, Luisa Beatriz Bozelli, Matheus Jorge Rosa, Luigi Fagundes Kuhnrich, Thomas Belisario Reis Andrade de Moraes e Ana Yukari Tsutsumi.

 

A equipe conquistou em abril de 2018 o FIRST® LEGO® League World Festival, maior e mais importante campeonato de robótica do mundo, realizado em Houston, nos Estados Unidos, com 108 equipes de 43 países. A competição é um programa internacional voltado para crianças de 9 a 16 anos, criado para despertar o interesse dos alunos em temas como ciência e tecnologia dentro do ambiente escolar. Por meio de uma experiência criativa, os competidores são desafiados a investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real, bem como programar robôs autônomos.

 

O tema deste ano foi hidrodinâmica, e a competição tem como critério de avaliação 3 áreas distintas: Core Valeus, pesquisa e robô. No core valeus o foco foi o melhor trabalho possível da equipe. Os integrantes mais experientes e com mais facilidade no inglês ajudaram os mais novos, garantindo assim um bom trabalho durante todo o evento.

 

Na área de pesquisa, estudaram sobre a hidratação de idosos e descobriram que hidratar era um problema, pois os mesmos geralmente não sentem sede, então desenvolveram um software que calcula e monitora a quantidade correta de água que o idoso deve ingerir.

 

Já no critério de Robô, desenvolveram um robô autônomo, que realizou de maneira satisfatória as tarefas do desafio, além de transformar energia mecânica em energia potencial.

 

Com as somas dos resultados obtidos nas avaliações dos três critérios, tornaram-se campeões mundial dessa edição, feito inédito para o Brasil, que nunca havia alcançado um resultado neste evento.


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas