Padre Amarildo Marçoli recebe título de cidadão americanense em sessão solene

Publicado em: 16 de abril de 2018

Selecione a Imagem

Padre Amarildo Marçoli recebe título de cidadão americanense em sessão solene

 

A Câmara Municipal de Americana realizou na sexta-feira (13) sessão solene para a entrega do título de cidadão americanense ao Padre Amarildo Marçoli, pelos relevantes serviços prestados ao município. A homenagem foi motivada por projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Welington Rezende (PRP).

 

Participaram os vereadores Gualter Amado (PRB) e Welington Rezende, o suplente de vereador Orestes Camargo Neves (PSDB) e o padre Gilmarcos Teixeira, além de amigos, convidados e familiares do homenageado.

 

Durante o uso da palavra, o vereador autor da homenagem falou sobre o trabalho desenvolvido pelo Padre Amarildo. “Durante todo o tempo em que esteve à frente da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o Padre Amarildo deixou-nos um trabalho não só artístico, mas também espiritual, com a integração da comunidade. Esta é uma homenagem não minha, mas da comunidade, por todo o trabalho social que desenvolveu”, disse Welington Rezende.

 

O vereador Gualter Amado enalteceu as obras realizadas pelo sacerdote. “Hoje temos uma bela igreja, uma comunidade forte, graças ao trabalho e ao empenho do Padre Amarildo, que sempre se dedicou de coração. É uma grande satisfação tê-lo como cidadão americanense”, falou.

 

O Padre Amarildo agradeceu a todos pela honraria. “É com grande alegria, honra e satisfação que recebo esta homenagem tão significativa. E que Americana seja sempre esta mãe generosa, acolhendo a todos com o mesmo carinho que me acolheu. Obrigado a todos, que Deus os abençoe”, discursou.

 

Biografia

 

O Padre Amarildo Marçoli nasceu em Umuarama no Paraná, em 19 de outubro de 1965 e é filho de Antonio Marçoli e Neide Delai Marçoli.

 

Iniciou sua vida sacerdotal em 1993, quando ingressou na Diocese de Limeira. Cursou as faculdades de Filosofia e de Teologia na PUC-Campinas. Mestre em Teologia Dogmática pela Faculdade Nossa Senhora da Assunção. Foi ordenado Padre em 21 de abril de 2001.

 

Autor da obra Traços do Eterno, foi pároco por dez anos da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, igreja que construiu. O templo se destaca pelos elementos artísticos que o Padre Amarildo desenhou e pintou. Atualmente, é pároco e reitor do Santuário de São Sebastião, na cidade de Porto Ferreira.

 

Sua vida ativa na comunidade pode ser destacada na promoção de eventos solidários, na liderança das mais diversas pastorais, e de campanhas que realizou junto à Secretaria de Saúde de Americana, em prol do debate sobre a democratização da saúde básica na comunidade.

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas